Páginas

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

São tantas as questões

Isabela,

Mamãe esta aqui no trabalho e como de costume parou um pouquinho para cuidar do nosso cantinho, é pq quando não estou com você eu sinto a necessidade de parar um pouquinho e fazer algo que me deixa pertinho você.

Então atualmente estamos na dúvida sobre a sua festinha ou a sua não festinha de 1 ano, é pq a mamãe sempre pensou que festinha de 1 ano é besteira, que você não vai curtir, não vai entender, que isso e aquilo, massss como toda mamãe babona me pego por varias vezes contando os convidados, escolhendo buffet infantil, temas para a festinha, enfim isso saberemos nas cenas dos próximos capitulos, rs.

Temos ainda a questão do batismo que chega a ser ainda mais complicado que a questão da festinha, então se o que vale é a intenção do coração vamos lá pq na pratica são tantas regras que servem mesmo só para complicar, durante a cerimonia de casamento do tio Sid, a mamãe e o papai ouvimos a definição mais valiosa sobre quais são as funções dos padrinhos, e sabe qual é ? os padrinhos tem a função de aconselhar e ajudar nas horas dificeis, pq o fato é que estas horas virão e isto veio de encontro com um post que li em um outro bloguinho que dizia que os melhores pais era os homens da caverna, sabe pq ? pq não somente os pais mas todos ao redor tinham a função de educar e aconselhar as crianças entre outras coisa .... isso tudo reforçou a minha idéia de pq devemos ter somente 2 padrinho? eu tenho um padrinho e uma madrinha e eles sabem tão pouco da minha vida que é como se eu não tivesse. 

Mediante a tudo que escrevi logo acima, mamãe e o papai definimos que você tem como padrinhos e madrinhas a "Tia Vanny e o Tio Tonn", "Tia Viviane e o Tio Luiz Felipe" e o "Tio WV", pessoas estas que desde que você ainda estava na barriga da mamãe te deram todo o amor e carinho e muitos presentinhos, claro, rs

E não podemos esquecer que com a casa nova ficando pronta, temos também a questão da decoração do seu quarto, mamãe já tem muitas idéias algumas já aprovadas pelo papai e algumas ainda não, o que importa é que você terá um quartinho com a sua carinha.

Pequenina, independente de todos os nossos planos e sonhos derem certos ou não o mais importante é que temos você !!

8 comentários:

Mamãe Kaká e Papai Michel disse...

Ei querida!
Seja bem-vinda ao meu canto..o seu tb está lindo, afinal de contas, com uma filha linda, saudável e sapeca, não tem como não ser diferente, né!?

beijos
volte sempre!

Bianca disse...

Oi!

Quanto a festinha de 01 ano, eu não ia fazer.... Mas, como minha Ju ficou 54 dias na UTI, nasceu prematura, eu achei que nós tínhamos que celebrar esta vitoria e optei por fazer uma festa simples. Mas fazer.

Quanto ao batismo, como somos evangélicos, não escolhemos ninguém.

Um beijão.

PS.: Quando eu fiz curso pra ser madrinha da minha afilhada, o padre disse que padrinhos são os responsáveis pela vida espiritual da criança. Por orar por ela, tirar suas dúvidas quando os pais não souberem responder.... estas coisas.

Minha Filha Minha Vida disse...

Ola Bianca, por isso disse no post que o batismo é extremamente complicado, sou de um berço evangélico só que como você sabe os evangélicos não batizam suas crianças, mas quando ouvi esta definição (citada no post em questão) por parte de um pastor muito querido inclusive, eu decidi que ela teria sim padrinhos por consideração, pessoas estas que assim como qualquer outra que me alertar para os erros da minha pequenina quando eu não estiver por perto será muito bem vindo, eu não vou estar com ela todos os dias ou em todos os minutos ou até mesmo em todas as brincadeiras, então é importante que ela tenha quem a ensine o caminho do bem.

Beijos, obrigada pelo carinho

Obs.: Como a Ju esta com uma carinha de sapeca né

Rê, Mae e Amor. disse...

Oi!!!!

nossa como é difícil a questão do primeiro niver né...eu nao fiz da Naty,pq fui em varios e eram todos a msm coisa(a maioria adulto...a criança nao entendendo nada e ainda estressada com a situacao e so as outras crianças se divertindo.
Mas como a MEL é de agosto e a Naty de setembro,entao vou fazer o niver de 1 aninho da Mel junto com o de 4 da Naty( vai dar certinho hehehe...)

As meninas também nao tem madrinha( aqui se fala dinda)nao sou católica, mas oque realmente vale e ter uma pessoa que eles gostem e que se preocupa com eles, e isso pode variar com o tempo(vcs pode se mudar de cidade ou os padrinhos e etc..) por isso que acho estranho essa coisa de ter alguém que é nos que vamos escolher pra ser tipo melhores amigos deles né.


Nos nao temos madrinhas, mas temos pessoas muito queridas que eu sei que posso confiar.

Falando em quarto... a parte da decoração e sempre uma delicia né...mas espera só daqui uns 3 anos( ela vai querer do jeito dela e com os personagens dela...aqui reina a barbie)

bjusss pra vc e pra essa bonequinha.

Blog Oficial Do Corinthians disse...

Parabens Pelo Seu Blog , Se Der Segue o Meu ? Obg !

Felicidade disse...

Eu tenho um padrinho que mal sabe de mim, e uma madrinha que também não dar lá essa importancia..
Mais mesmo assim acho que minha filha tem o direito de ter um padrinho e uma madrinha.. questão de costume e do berço que fui criada..
espero que os padrinhos dela faça jus ao verdadeiro significado..
Beijiinhooooos

Mamãe Michelle disse...

Olá fiquei feliz que está lá no nosso cantinho, te acompanho tb sua filhota é linda!!!!
Bjossss

Amanda Lima disse...

Oi!
sobre a festinha, a gente fez. Só pra familia e amigos, deu umas 30 pessoas. Acho que foi válido sim, só me arrependo de não ter contratado um fotografo, pois as fotos que tiramos ficaram mais ou menos.
Acho que é válido como registro, e a Gabi aproveitou. Colocamos um tapetão no chão e todos os presentes, ela amou abrir e brincar...

Já o batizado foi complicado, tinhamos um casal de amigos e minha mãe com meu padastro de padrinhos. Como ela foi batizada no inverno, foi bem na epoca da gripe h1n1, o casal de amigos ficou internado naquele fim de semana e acabamos só com minha mãe e meu padastro. No fim foi melhor, já que os amigos se separaram e hoje se odeiam...
acho que escrevi demais né?
beijos